Eu mesma......




Todas as mensagens
 Acontece
 Dizem por aí.
 eu desejo
 Saboreie
 link-se



 Meu outro blog
 Um Cara estranho...
 Um brasileiro
 Ser mulher...



 Vote agora!


 
Visitante número:
Corinne Bailey Rae...
 
Hoje eu quero te falar !




Esses dias estava procurando materiais sobre um fotografo para fazer um seminario para a faculdade, mais a minha surpresa foi enorme ao descobrir que o mesmo era fotografo de guerra e suas fotos são completamente fora de serie .... Vcs podem conferir no endereço www.jamesnachtwey.com , Alias o nome dele é James Natchtwey.. rs

Eu estou completamente estasiada com a qualidade das fotos e tanta emoção que elas passam , agora já vou avisando , tem que ter estomago para ver essa terrivel crueldade que ele fotografa , pois é literalmente um soco no estomago.

Espero que vcs vejam e admirem este fotografo que é no minimo um mega profissional.

Mais falando nisso tambem descobri esse documentario aqui que vale a pena vcx verem tambem e prometo num proximo post algo mais ameno.

Assistir a vídeos no YouTube que mostram jovens nadando na piscina, indo para a faculdade ou ensaiando com a banda de rock parece uma banalidade nos dias de hoje.

Porém, quando a piscina é de uma casa abandonada em Bagdá, quando ir para a faculdade é um desafio diário por causa da violência nas ruas e o ensaio da banda é interrompido pela falta de energia rotineira na capital iraquiana, estes vídeos passam a ter um interesse bem maior e a chamar a atenção de milhares de internautas.

Isto é um pouco da realidade de três jovens iraquianos relatada em uma série de 45 vídeos que estão sendo exibidos no blog Hometown Baghdad (www.hometownbaghdad.com) - em parceria com o YouTube - desde o dia 19 de março, quarto aniversário da invasão do Iraque pelos Estados Unidos e seus aliados.

"A nossa intenção é que as pessoas do mundo, principalmente dos Estados Unidos, pensem em nós como pessoas, assim como elas. Nós queremos que elas nos entendam e nos ajudem", explicou à BBC Brasil o estudante de Medicina Ausama, de 20 anos, um dos jovens retratados na série.

"Todos os vídeos fazem parte da nossa vida normal, ou do que costumava ser normal para nós."

Cérebro no chão

A vida considerada "normal" é um choque para o internauta logo no primeiro vídeo, quando Adel, de 23 anos, conta como é a vida de estudante em uma faculdade em Bagdá.

"Há dois anos, a nossa faculdade foi atacada com mísseis e um dos estudantes que estavam no pátio morreu exatamente aqui. O cérebro dele caiu aqui e eles tentaram lavar o chão, mas não saiu tudo e eles construíram isso", diz Adel, apontando para um círculo de cimento coberto com azulejos vermelhos.

"Acho perigoso ir para a faculdade, porque existem grupos que têm professores, médicos e até estudantes como alvo. Um amigo meu perdeu o rim, outro perdeu a perna e este diploma de graduação (aponta para um diploma preso em uma parede) é de um estudante morto."

Adel conclui dizendo: "Bom, esta é a realidade. Bem-vindo a Bagdá".

'Sinfonia de balas'

Em outro episódio, que teve grande repercussão entre os internautas que acompanham a série, Adel, que é músico, fala que pretendia se encontrar com os amigos da faculdade para estudar para as provas do fim do semestre.

"Mas eu não consegui sair de casa. A razão? Ouçam vocês mesmos", e o jovem se cala para o internauta ouvir o que ele classificou de "sinfonia de balas", um som incessante de tiros, bem em frente a sua casa.

No mesmo capítulo, Ausama ouve um tiro e diz: "Acho que este foi um tiro de franco-atirador. Agora já reconhecemos o som das balas, já sabemos dizer quando são tiros de iraquianos ou americanos".

A série foi gravada e dirigida por uma equipe iraquiana, com a produção da organização americana Chat the Planet, e Ausama contou que muitas vezes eles foram "loucos", se arriscando demais durante as filmagens.

O jovem cita um dos capítulos mais recentes, em que ele sai para comprar uma bolsa de viagem no mercado, apesar de ter sido avisado por um amigo que havia um franco-atirador no caminho que estava alvejando pedestres e matou policiais.

"Foi uma loucura fazer aquilo, porque era extremamente perigoso. Eu, inclusive, me recusei a falar inglês, porque naquele momento nós éramos alvos em potencial", disse Ausama.

Abu Ghraib

Em outro episódio, Saif, de 24 anos, e a equipe de filmagem resolvem fazer imagens das tropas americanas de dento de um carro.

Saif, que está dirigindo, se mostra bastante apreensivo quando o câmera, Ahmed, continua filmando quando o carro está a poucos metros de um tanque.

O diálogo entre eles provoca risos:
- Ahmed, tome cuidado. Eles não são burros. Eles vão ver você filmando. Você quer passar a noite na prisão de Abu Ghraib?
- Pelo menos lá tem eletricidade! E sua foto na Internet!
- Onde você conseguiria um bom negócio como este?

Por causa do perigo de chamar muita atenção na rua com uma equipe de filmagem inteira, os três jovens receberam câmeras amadoras para fazer seus próprios vídeos.

A série também aborda outros assuntos que estão no noticiário internacional, como a divisão sectária entre sunitas e xiitas, sobre os quais os jovens mostram opiniões divergentes, dependendo da experiência pessoal de cada um.

Diversão

Estes vídeos, no entanto, têm uma audiência muito mais baixa do que os que trazem fatos diferentes sobre o Iraque, como, por exemplo, o privilégio de poder nadar em uma piscina.

"É um mundo difícil, sabe como é", diz Ausama no início do capítulo, rindo. "Por isso, precisamos pegar uma piscina."

Os jovens podem ser vistos nadando e pulando em uma piscina de uma casa abandonada por uma família que saiu do Iraque.

"Nós não podemos usar uma piscina pública, todos nós morreríamos se fôssemos nadar em uma", explica Ausama.

As gravações da série Hometown Baghdad foram realizadas entre junho e outubro de 2006 e, segundo Ausama depois deste período a situação em Bagdá piorou muito.

"As chances de um jovem ser bem-sucedido na carreira e na vida em Bagdá hoje são mínimas, porque é impossível sair de casa e ir para o local de trabalho ou fazer uma festa de casamento. As pessoas só continuam fazendo isso porque é a vida delas e elas têm de viver."

Ausama se mudou com a família para o norte do país, na área de etnia predominantemente curda, onde diz se sentir muito mais seguro. Saif deixou o Iraque rumo à Jordânia. O único que continuava em Bagdá há algumas semanas era Adel.



Escrito por fabiola-pedroso às 12h36
[] [envie esta mensagem
] []



Resfest no Brasil

Entre os dias 18 e 20 de maio acontece em São Paulo a 10ª edição do Resfest, festival de cultura pop que reúne música, cinema, design, moda e tecnologia. O Resfest nasceu em Nova York como um festival de vídeo digital e hoje é realizado em outras 45 cidades em países como Japão, África do Sul, Austrália, Inglaterra, Itália, Holanda, Canadá, Argentina e Brasil.

Os três dias de evento serão realizados no prédio da Cinemateca Brasileira, na zona sul de São Paulo, com sessões que começam as 15h (sexta-feira) e 11h (sábado e domingo) e shows que começam as 20h.

Um dos destaques do festival deste ano é o filme "Drawing Restraint 9", do norte-americano Matthew Barney. O longa tem a participação da mulher do diretor, a cantora Björk, que também assina a trilha sonora. Essa será a primeira exibição do filme no Brasil.

Filmado no Japão em 2005, parte de "Drawing Restraint 9" se passa em um baleeiro japonês que viaja em direção aos mares do sul. Barney e Björk interpretam "os visitantes ocidentais" da história, que tem poucos diálogos. O filme estreou no 62º Festival de Cinema de Veneza, em 2005, e já foi exibido também no Canadá e Estados Unidos.

A programação de shows traz a cantora japonesa que vive em Nova York Miho Hatori. Ex-integrante da dupla Cibo Matto, Hatori apresenta no Brasil seu primeiro disco solo, "Ecdysis". Também se apresentam no Resfest as bandas norte-americanas My Brightest Diamond, que mescla indie rock com música experimental, e Akron/Family, com sua mistura de rock, folk, psicodelismo e improvisos.

O Resfest 2007 também apresenta mostras de videoclipes, como uma retrospectiva do Radiohead, documentários sobre música, como "Beijing Bubbles" --que retrata a cena punk de Pequim--, vídeos ligados à música eletrônica e ao hip hop, curtas-metragens da Coréia e ainda uma conversa com o apresentador de TV Goulart de Andrade e o videomaker Marcelo Tas, do UOL, e Bia Abramo, colunista da "Folha de S. Paulo".

Os ingressos para cada dia do festival já estão à venda e são divididos em dois tipos: o primeiro custa R$ 60 e dá direito a assistir a todas as atrações da programação. O segundo custa R$ 40 e dá acesso a toda a programação, exceto os shows.

As entradas podem ser adquiridas nas lojas Chilli Beans (veja relação abaixo), nas pizzarias Piola de Moema (Rua Canário, 1277 - tel. 5561-4377) e Jardins (Al. Lorena, 1765 - tel. 3064-6570), no site Ingresso Fácil ou pelo telefone 4003-2245.




RESFEST 2007

Quando: 18/05, das 15h às 24h, 19 e 20/05, das 11h às 24h
Onde: Cinemateca Brasileira (Largo Senador Raul Cardoso, 207, Vl. Mariana - São Paulo)
Informações: (11) 5084-2177
Vendas na Internet: www.ingressofacil.com.br
Por telefone: 4003-2245
Site oficial: www.resfest.com.br

Pontos de venda:

Lojas Chili Beans:
- Vilaboim (praça Vilaboim, 53 - tel. 11 3663-3607 - aberto das 11h às 23h)
- Center 3 (av. Paulista, 2064 - tel. 11 3284-3456 - aberto das 10h às 22h)
- Shopping Villa Lobos (Marginal Pinheiros, 4777, 1º piso - tel. 11 3022-3175 - aberto das 10h às 22h)
- Shopping Morumbi (av. Roque Pretoni Jr. 1089 - tel. 11 5189-4501 - aberto de segunda a sábado das 10h às 22h, domingos e feriados das 14h às 20h)

Restaurantes Piola:
- Jardins (al. Lorena, 1765 - tel 11 3064-6570, todos os dias das 18h até 3h)
- Moema (rua Canário, 1277 - tel 11 5561-4377, todos os dias das 18h até 3h)

Fonte:UOL



Escrito por fabiola-pedroso às 14h09
[] [envie esta mensagem
] []



Oie gente hj estou aqui p postar sobre a bloglagem coletiva do blog do meu amigo Leandro | http://www.brasilero.zip.net |  sobre politica , e como não tive tempo de escrever nda .. estou colocando um texto que eu acho que tem um pouco a ver na parte de sentimental da coisa ...

De uma pessoa que admiro muito o Ricardo Frutuoso , musico Portugues...http://www.ricardofrutuoso.blogspot.com/

Não pedi a ele permissão para por o texto mais creio que não haverá problemas .. pois estou dando os creditos do texto..

Ai vai

Abre-se a porta devagar, a suar o cheiro de tudo o que ficou para trás, onde a oleosidade das coisas se desvaneceu e tudo começa a condizer com o metal, em ouro velho, onde tudo é velho à nosso volta e nós mais velhos ainda. O corpo treme a contorção dos ossos, dos dentes dormentes e trilhados a sentir apenas um formigueiro febril.
Os olhos vão pesando até deambularem pelas órbitas como se não tivessem rumo, e a temperatura das pontas dos dedos, geladas como o gelo do gelo e o gelo do gelo das pontas dos meus dedos.
A porta aberta e todos a olhar, e de todos, reconheço um ou outro que me dizem ser família. Todos com ar de ainda é cedo e a minha vertigem, a minha febre na minha vertigem, aparentemente com ar de ainda é cedo. E o sulco na cara por onde costuma entrar o ar. E a água que parece não ter fim. Bem usada, seria usá-la para envenenar uma aguarela. Podia diluir o pigmento nesta goma virulenta. Apodrecer as cores. Partir um corpo em rhíza como a figura de um craquelet!
O peso dos olhos, do sono, da liberdade cansada do cansaço do corpo. Todos eles com ar de um amanhã que ainda é cedo. Eu a beijar as mãos daqueles outros que também fui no passado. Todos nós num só a escrever que ainda é cedo, e a devolver ao tempo o movimento que lhe pertence. A luz do sol sobrepõe sombras. Sombras nas sombras. As sombras das sombras.
Fechei a porta porque aparentemente ainda é cedo.
O comboio que não vem.
O chão abateu na forma dos sapatos. Espero o final da semana com estearina derretida nas mãos, sem perfume, a cobrir a pele como pele na pele.
Tchin com tchin o barulho da máquina que me vem buscar… tchin com tchin
Todos a bordo… Não. Falto. Eu.
Uaaap é Napoleão que lá vem numa crina branca, como a acidez fétida de uma doença ao tentar passar-se por algodão doce.
Uaaap que lá vem o Corso!!!
As fábulas de criança em tom de crítica e o mercado a instigar o nado-morto. Tudo morto. As árvores livres desde que são árvores. As flores livres desde que são flores. Nós livres, desde que arrancamos árvores e colhemos flores.
A verdade. O olhar da presa. O olhar do predador.
Uaaap que lá vem…



Escrito por fabiola-pedroso às 21h03
[] [envie esta mensagem
] []



Você sabe o que é autogestão

Pois bem encontrrei na web um texto muito legal explicando oq é Autogestão , que na minha forma de ver é otimo para todos.

Autogestão é quando um organismo é administrado pelos seus participantes em regime de democracia direta. Em autogestão, não há a figura do patrão, mas todos os empregados participam das decisões administrativas em igualdade de condições. Em geral, os trabalhadores são os proprietários da empresa autogestionada. A autogestão não pode ser confundida com controle operário, que mantém a hierarquia e o controle externo do organismo (ou da fábrica) a algum organismo ou instância superior (como um partido político por exemplo). Os conceitos de autogestão costumam variar de acordo com a posição política ou social de determinado grupo. O conceito anarquista de autogestão se caracteriza por eliminar a hierarquia e os mecanismos capitalistas de organização envolvidos. Já os conceitos de autogestão empresarial, mantém os mecanismos tradicionais de organização capitalistas. Outra concepção de autogestão é aquela que a caracteriza como sendo as relações de produção da sociedade comunista, tal como o caso de Nildo Viana em seu artigo O Que é Autogestão? e João Bernardo em seu livro Para Uma Teoria do Modo de Produção Comunista.



Categoria: Dizem por aí.
Escrito por fabiola-pedroso às 09h27
[] [envie esta mensagem
] []



layout

gente ... me ajudem a sair do meu suplicio to tentando mudar o template do blog , mais não sei html .. alguem me ajuda pr favor .. ja fiz o template mais os codigos não saem .. rs

valeu..

bjus



Categoria: eu desejo
Escrito por fabiola-pedroso às 14h59
[] [envie esta mensagem
] []



Internet

Estou escrevendo este texto agora numa folha de papel... Mas porque não no Word...

Pois ainda não tenho um pc de bolso. Rs

Coisa que já esta em total uso...

Neste momento não recebo/envio emails, que é um costume que cultivo quase como um habito.

Quando estou na frente dele clico no botão enviar e receber compulsivamente mesmo sabendo que ele faz isso a cada 5 minutos.

O que me surpreende é que ficamos dependentes da internet em pouquíssimo tempo.

O computador já era importantíssimo na maioria dos escritórios nos tempos de pré-internet. Agora, depois que eles ficaram ligados a uma rede virtual e mundial, ficou quase impossível imaginar o mundo sem um monitor e um mouse.

O "atualizar" virou uma ferramenta essencial. O "enviar/receber" e o "atualizar" servem como depósito de ansiedade e carência de inúmeros internautas.

Ser popular no mundo virtual esta se tornando mais importante do que a do mundo real.

Porque ela está exposta para toda a web, e isso quer dizer para todo o mundo. Imagina um adolescente ter apenas 200 amigos no Orkut? É a prova de que o sujeito foi rejeitado, que está à margem, um esquisito, inclusive para os parâmetros da internet.

Interessante é notar que, assim que eu chegar em casa vou entrar na internet, eu visitarei os mesmos sites de antes, que possivelmente estarão com as mesmas notícias ou com os mesmo posts. Então, por que tamanha angústia? Que feitiço está por trás dos WWWs? Não sei explicar. Apenas percebo a impaciência brotando. Qualquer coisa pode ser motivo para extravasar em alguém a frustração de não poder passear no mundo cintilante dos endereços cibernéticos. Daqui a pouco, surgira uma nova patologia psicossocial TASI (transtorno da ansiedade dos Sem –Internet).

E continuaremos assim nesse circulo vicioso que se tornou à internet.



Categoria: Acontece
Escrito por fabiola-pedroso às 11h49
[] [envie esta mensagem
] []



The hide Powder Ked

Espero que vcs gostem desse curta metragem como eu amei..

 

A BMW conseguiu, em 2001, convencer o diretor David Fincher (Seven, Zodíaco) a produzir uma série com cinco curtas metragens "quase publicitários" com o astro Clive Owen (Closer, Filhos da Esperança). A idéia era que ele sempre interpretasse um motorista misterioso (ao estilo James Bond) em diversas missões e situações, sempre em perigo e com bastante ação. Cinco diretores consagrados do cinema de ação foram recrutados, alguns dos coadjuvantes mais cools do cinemas tiveram seus papéis. Um sucesso na tv norte-americana, mesmo com a duração de 8 a 9 minutos cada curta-metragem.

 O sucesso fez com que outros três curtas fossem encomendados em 2002 para a produção de Ridley Scott (Gladiador) com outros três ótimos diretores. Clive Owen continuou piltotando as BMWs e muitos afirmam que o 8º e último episódio, dirigido por Joe Carnahan (Narc) é o melhor da série.

http://www.youtube.com/watch?v=UmXDiEHJV-g



Categoria: link-se
Escrito por fabiola-pedroso às 15h36
[] [envie esta mensagem
] []



Exposição no Masp exibe obras de Degas

 


Mestre do movimento, o francês Edgar Degas (1834-1917) diferenciava-se de seus contemporâneos impressionistas --ainda que incluído na escola artística-- pela maneira peculiar de esquematizar espacialmente cenas e situações. Fugindo à regra vigente de posicionar as figuras no centro da tela, seus personagens são vistos em ações concretas, cortados pelo enquadramento, como numa fotografia --por isso preferia ser definido como "realista".

Sua obra é o alvo de uma grande exposição realizada pelo Masp a partir de quarta (dia 17), com 196 obras. A curadoria é de Romaric Sulger Büel --ex-adido cultural da embaixada francesa no Brasil-- e de Eugênia Gorini Esmeraldo, do Masp.

Além de cerca de 110 peças do acervo do museu, como o conjunto completo das bailarinas em bronze, a mostra tem trabalhos vindos de dez das mais importantes instituições de arte do mundo, entre elas o MoMA, de Nova York, a National Gallery, de Londres e o Musée Picasso, de Paris.

Picasso? Sim, um dos méritos da mostra é trazer não só 120 obras de Degas como outras de artistas que o influenciaram e que foram influenciados por ele. No primeiro caso, estão Ticiano, Velásquez e principalmente Ingres, de quem colecionou muitas obras e recebeu conselhos sobre criação. Pablo Picasso e Tolouse-Lautrec fazem parte dos seguidores.

Acima de divisões cronológicas, a mostra situa os trabalhos em três núcleos: "A Relação de Degas com a Tradição Clássica", que relaciona a obra do artista à história da arte; "O Retrato como Exercício Formal", com diversos trabalhos neste formato; e "A Gramática do Movimento", no qual situam-se as obras mais características de Degas, que enfocam as corridas de cavalos, as bailarinas, as lavadeiras e as prostitutas.

Degas
Onde: Masp (av. Paulista, 1.578, 2º andar, Bela Vista, região central, tel. 3251-5644).
Quando Ter. a dom.: 11h às 18h (a bilheteria fecha às 17h). Abertura 17/5. Até 20/8.
Quanto: R$ 15 (terças: grátis p/ todo o público; grátis p/ menores de dez e maiores de 60 anos). Visitas monitoradas c/ agendamento p/ tel. 3283-2585.



Categoria: Acontece
Escrito por fabiola-pedroso às 11h39
[] [envie esta mensagem
] []



Decidi dividir meu blog em categorias para poder organizar vcs molhor , espero que vcs tenham gostado.. rs

Bjus



Escrito por fabiola-pedroso às 13h32
[] [envie esta mensagem
] []



Beijinho

Beijinho

INGREDIENTES:

  • 2 latas de leite condensado
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 300 g de coco fresco ralado fino
  • Açúcar cristal
  • Cravos-da-índia



Categoria: Saboreie
Escrito por fabiola-pedroso às 13h31
[] [envie esta mensagem
] []



Los Hermanos

Eu desjo o disco dos Los Hermanos.. Isso mesmo o LP .. rs



Categoria: eu desejo
Escrito por fabiola-pedroso às 13h28
[] [envie esta mensagem
] []



grandes frases....

"A grandeza não consiste em receber honras, mas em merecê-las."

- Aristóteles



Categoria: Dizem por aí.
Escrito por fabiola-pedroso às 13h26
[] [envie esta mensagem
] []



Bjork

O Link de hj é um clipe da Bjork que Amo..

Link..

http://www.youtube.com/watch?v=CYP9lA-g1_I



Categoria: link-se
Escrito por fabiola-pedroso às 13h17
[] [envie esta mensagem
] []



Filme 300

Mais uma produção cheia de pompa chega nos cinemas. Só que essa tem um incentivo a mais o nosso ator Rodrigo Santoro , apesar de ele estar quase irreconhecivel , por estar todo dourado e com a voz compudatorizada.Apesar de eu não gostar desse tipo de produção estou doida pra ver. Adaptando a "graphic novel" de Frank Miller, criador e co-diretor de Sin City (2005), a aventura de guerra Zack Snyder 300 reconta uma das mais famosas batalhas da Antiguidade, a luta entre espartanos e persas no desfiladeiro das Termópilas no ano 480 a.C Num elenco internacional, o brasileiro Rodrigo Santoro interpreta justamente o imperador persa, Xerxes.Ele é uma figura gigantesca, de pele dourada, cabeça raspada, mãos e braços cobertos de anéis e pulseiras e a voz modificada por computador, causando um efeito sinistro. A história começa quando o rei espartano Leônidas é proibido de ir à guerra contra os invasores persas com todo seu exército, depois de consultar o oráculo, seu guia religioso máximo, uma bela moça que é manipulada, na verdade, por um grupo de éforos, sacerdotes corruptos. Mesmo assim, Leônidas resolve desafiar o veto e vai à luta, enfileirando seus 300 soldados mais preparados no estreito desfiladeiro das Termópilas. Nesse lugar, em que os espartanos são favorecidos por conhecerem melhor o terreno, bem como pela motivação heróica, o rei força um enfrentamento corpo-a-corpo com os quase infinitos exércitos persas, causando um estrago inacreditável entre os inimigos. O elenco, em que se destacam o australiano David Wenham (da trilogia O Senhor dos Anéis), o galês Vincent Regan e o alemão Michael Fassbender. Nenhum dos 300 combatentes acha que sairá dali com vida. Nem por isso, qualquer um deles dá sinais de fraqueza, dentro da mais pura filosofia militarista. Nesse mundo guerreiro, masculino, bélico, até as mulheres eram bastante agressivas. Há apenas uma personagem feminina de destaque, a rainha Gorgo (Lena Headey), mas ela desempenha com sucesso a função de personificar a porção mulher da história, o que é uma prova do carisma da atriz inglesa, que atuou recentemente em Os Irmãos Grimm (2006). De modo geral, o visual da produção é, compreensivelmente, marcado pelo tom pop próximo do videogame, inclusive na trilha, aqui especialmente composta por Tyler Bates. O compositor trabalhou anteriormente com o diretor Zack Snyder em seu filme Madrugada dos Mortos (2004).

 



Categoria: Acontece
Escrito por fabiola-pedroso às 13h07
[] [envie esta mensagem
] []



Exposição mostra como somos por dentro .

 

A exposição "Corpo Humano: Real e Fascinante", está aberta para visitação na Oca e surpreende a todos pela ousadia dela.

Pois ela trás 16 cadáveres de homens e mulheres e 225 órgãos de pessoas reais, que foram preparados para a exposição passando por vários processos, chamado polimerização que ao fim do processo os corpos passaram por uma aplicação de um composto que enrijece o silicone, dando aos tecidos uma consistência plástica. Essa exposição é realizada por Roy Glover( professor de anatomia e biologia celular da Universidade de Michigan.), a exposição vem chamando atenção de muitas pessoas pois já passou por vários lugares como Nova York,Inglaterra, Coreia do Sul, México e Holanda, tem a finalidade de mostrar ao publico em todos os seus aspectos o funcionamento do corpo humano e seus sistemas, e também são dispostos lado a lado órgãos saudáveis e não-saudáveis, para mostrar melhor de como maus hábitos ou doenças podem interferir em seu funcionamento. O que de mais interessante tem nessa exposição é que o publico pode tocar em determinados órgãos que estão dispostos por la . Sendo assim uma exposição indispensável para todos nós humanos que tenham interesse em nos conhecer um pouco mais a fundo.

"Corpo Humano: Real e Fascinante" - A partir de 1° de março. Local OCA - Parque do Ibirapuera, Portão 3(1° andar). Endereço Avenida Pedro Alvares Cabal,s/nº. Horários: de segunda a sexta- feira, das 9 h às 19h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 20h.Preço:R$30/ estudantes pagam meia entrada.



Escrito por fabiola-pedroso às 09h03
[] [envie esta mensagem
] []



[ ver mensagens anteriores ]